Arquivo da tag: railsrumble

RailsRumble 2010 Review

No último final de semana participei do RailsRumble 2010, uma competição onde um time com no máximo 4 pessoas tem 48 horas para desenvolver uma aplicação usando Ruby on Rails.

Meu time desenvolveu o Mittun, um gerenciador de eventos. Fazendo uma rápida retrospectiva (só do meu ponto vista, não fizemos uma retrospectiva do time ainda):

+ Conseguimos definir em pouco tempo as principais tarefas e funcionalidades do produto. Isso ajudou muito a andarmos com um objetivo claro até o final do projeto
+ Conseguimos preparar nosso ambiente de produção/deployment (Ubuntu, MySQL, Ruby, Rails, Apache e Passenger) em menos de uma hora com deployment automatizado com capistrano. Isso nos tirou uma grande preocupação e nos permitiu focar no desenvolvimento do produto.
+ Voltar a ter um contato forte com Rails foi energizante.
+ Fizemos a busca de eventos com paginação, tudo bonitinho …
… mas esquecemos de coloca-la no produto
Como muitos outros projetos, não conseguimos deixar claro qual o objetivo do produto na sua página principal, quando um novo usuário entra no site ele não consegue saber de cara qual o propósito da ferramenta.
Infelizmente dormimos uma noite, pois é. Trabalhamos 24 horas direto, da sexta-feira a noite até o sábado a noite, direto, sem parar para dormir nenhum minuto. Então dormimos a noite de sábado e voltamos às 12 últimas horas do domingo.
Foi meio chato não ter ficado entre os 20, acho que todos os times devem ter um pouquinho desta sensação, afinal todos se esforçaram muito. Mas esse não era nosso objetivo principal, então vamos em frente.

O Rumble foi extremamente importante pra mim, por muitos motivos e muitas razões. Há todo o desafio de ter que desenvolver uma aplicação em 48 horas, o que, em qualquer linguagem já é um grande desafio. Some ainda o fato de ter que lidar com todas as dificuldades de um projeto real, definir e alinhar objetivos, deixa-los claros e evidentes o tempo todo, priorizar funcionalidades mais importantes, abrir mão de algumas outras e manter o andamento do trabalho visível. E mais um pouco: definir a visão da produto, layout (só dou pitacos nessa parte), comportamentos, funcionalidades e, principalmente, desenvolver o produto. Tudo em 48 horas!

Mas pra mim, pessoalmente, o mais importante foi o que consegui vivendo este projeto, que foi ter de volta um pouco de alegria e motivação para desenvolver novas aplicações e resolver problemas, trabalhar com coisas simples e eficientes, ver os resultados acontecerem, o produto andando e crescendo, isso não tem preço :) Eu estava há algum tempo sem ter um contato forte com Ruby on Rails e o Rumble foi muito legal nesse ponto e me ajudou bastante.

Mas claro, tudo isso só foi possível graças ao meu time (blastoooooooise), que foi formado por pessoas – literalmente – excepcionais: Makoto, Cabral e Roberto Soares, os quais devo muitos agradecimentos. E também ao apoio da Giran, que nos proporcionou um ambiente muito bacana. Enfim, foram as 48 horas mais divertidas e com maior aprendizado dos últimos meses, talvez até deste ano.

E foi isso, muita diversão e aprendizado. Não conseguimos ficar entre os 20 este ano, mas tentaremos de novo no ano que vem! Blastooooooise!