Arquivos da categoria: Viagens

Aniversário do CEJUG, Lucene, Caranguejo e muita castanha

Este final de semana eu estive em Fortaleza, Ceará, participando do Café com Tapioca especial do 7º aniversário do CEJUG. Resumir um evento nunca foi tão simples: Excelência, organização e hospitalidade. Foi assim que o CEJUG fez mais um grande evento. E eu mais uma vez tive a felicidade de participar e contribuir com um pouco de conhecimento e experiência para os amigos cearenses.

DSC08069

O evento estava bem cheio, muita gente acordou sábado cedinho para não perder às apresentações do Bruno Pereira, sobre como se tornar um desenvolvedor web melhor e mais produtivo, do Régis Melo para aprender como desenvolver e entregar aplicativos para o mundo inteiro, e do Victor Oliveira para desmistificar algumas lendas sobre times ágeis de desenvolvimento.

DSC08164

De tarde tivemos a retaliação apresentação do Rafael Ponte e Tarso Bessa sobre os 10 maus hábitos dos desenvolvedores JSF, uma excelente explanação do Rodrigo Yoshima sobre a falta de conhecimento das pessoas que gostam de se dizer ágeis e uma verdadeira aula de TDD com o Paulo Silveira.

E a minha apresentação também foi na parte da tarde. Nesta apresentação falei sobre o Lucene e sobre o Solr e Hibernate Search, duas ferramentas baseadas no Lucene, porém com propósitos bastante distintos.


Além dos slides acima também foram apresentados três exemplos: com Lucene, com Solr e com Hibernate Search. Os exemplos são bem simples e a intenção é apenas mostrar o funcionamento básico das ferramentas. Todos os códigos estão disponíveis no meu github: aprendendo-lucene, aprendendo-solr e aprendendo-hibernatesearch.

Continue lendo Aniversário do CEJUG, Lucene, Caranguejo e muita castanha

CEJUG 7 anos: Eu vou palestrar

Café com TapiocaSete anos de CEJUG e um grande evento de comemoração: Café com Tapioca de aniversário. O café com tapioca já é um tradicional e conhecido evento do CEJUG, inclusive eu participei ano passado do café com tapioca de novembro com uma apresentação sobre Testes de Software.

Eu realmente gostei muito do convite do ano passado e agora estou imensamente feliz, mais uma vez, com um novo convite para participar do Café com Tapioca de aniversário do CEJUG.

Desta vez falarei sobre pesquisas e indexação com soluções baseadas no Lucene. O título da apresentação é:

Turbinando sua aplicação com Lucene: conheça Solr e Hibernate Search

Resumo: Pesquisa eficiente não deve ser um luxo apenas do Google, suas aplicações também precisam ser capazes de desempenhar pesquisas de modo eficiente e trazer resultados relevantes para o seu usuário. Para isso veremos um pouco sobre o Lucene, um projeto que auxilia na indexação, pesquisa e análise de textos e documentos. E veremos como podemos aproveitar essa excelente ferramenta utilizando o Solr: um servidor de pesquisas de alta performance implementado sob o Lucene e; Hibernate Search: como integrar o poder das pesquisas com Lucene diretamente em seu modelo de negócios.

Para este ano o evento promete muito. O Rafael está, antecipadamente, de parabéns! A grade que ele e toda a coordenação do CEJUG conseguiram montar para o evento ficou excelente, eu não pretendo perder nenhuma palestra =)

Comentários do Falando em Java 09

Eu também fui! O Falando em Java 2009, foi a terceira edição do evento que é organizado e realizado pela Caelum, em São Paulo. Mais uma vez eu pude marcar presença no evento. Este ano acho que foi o que mais conheci gente, muita gente do twitter e muitos conhecidos que eu pensava que não existiam de carne e osso, foi bem legal, mesmo. Não vou escrever nomes pois eu tenho certeza que irei esquecer de alguém, mas para todos os que eu conheci pessoalmente, um abraço e prazer em conhece-los.

A abertura do evento foi muito legal, o pessoal da Caelum mostrou uma série de novidades que eles estão trazendo para o mercado, dentre elas um livro de Arquitetura e Design de Software, curso de TV Digital com Ginga, curso de Flex e muito mais.

Logo depois uma apresentação do Jim Webber titulada “Guerilha SOA”, simplesmente fantástica. Além de dominar totalmente o assunto o Jim foi um exímio apresentador, soube brincar nas horas certas sem perder o timing das piadinhas.

O Paulo Silveira e o Rafael Cosentino fizeram uma apresentação sobre O Profissional Java Efetivo. A apresentação foi boa, mas poderia ter sido muito melhor se não tivessem perdido muito tempo nas piadinhas sobre o Nico.

A palestra do Kung e do Anderson foi fantástica, eles mostraram pontos e recursos super importantes da máquina virtual Java e como ela está voltando a ser dinâmica. O Kung falou do início da JVM, quando ela era utilizada para linguagens dinâmicas, explicou como e porque ela ficou tão “estática” e como as coisas estão voltando ao que eram, dinâmicas. É claro que ele também mostrou vários benefícios de termos linguagens dinâmicas usufruindo de todos os recursos e qualidades de uma plataforma como Java.

Todas as outras apresentações foram muitos legais, todos os palestrantes estão de parabéns. No geral, a minha opinião sobre o evento é que ele foi muito bom. O único ponto que não foi tão legal foram os excessos de brincadeiras e comparações com o mundo real nas apresentações, o que claramente causou perda de conteúdo útil e importante. Apresentações purpurinadas, apresentadores brincalhões e muita descontração nem sempre caem bem, na verdade são mais difíceis de dar certo e fazerem sucesso do que o conteúdo propriamente dito da apresentação.

Este ano o FJ teve mais de 500 participantes, quase o dobro em relação a última edição. O local do evento também foi outro, muito maior e chique moderno. E a organização e palestras, como sempre foram de altíssimo níveis, o FJ mostrou claramente o amadurecimento e crescimento da Caelum como empresa.

Pra mim estes dias em São Paulo significaram muito mais do que simplesmente o evento. Eu conheci o Paulo Silveira um pouco antes da Caelum existir, e de certa forma a vi nascendo, crescendo e evoluindo, mesmo que de longe. Pude ver várias fases de perto, até quando os irmãos Silveira davam a primeira aula de cada curso usando terno e gravata =P. Conhecer o novo escritório da Caelum, cheio de amigos e conhecidos da época de ouro do PortalJava e do GUJ, com dezenas (várias dezenas) de colaboradores pessoas trabalhando juntos, sincronizados, motivados e felizes foi indescritível, fiquei realmente muito feliz. Com certeza é uma empresa e trabalho que nos motiva muito e que servirá de exemplo para nós aqui na Giran.

Café com Tapioca no CEJUG: Nota 10!

Estive em Fortaleza neste final de semana para participar do Café com Tapioca de novembro realizado pelo CEJUG e desta vez com a Faculdade Lourenço Filho.

Conheci pessoalmente o Tarso Bessa, super gente fina, participou da apresentação e do jantar, demos boas risadas. O Silveira Neto que ficou com muito medo de descer no Insano mas acabou cedendo a pressão e foi ‘ladeira a baixo’, certamente esse dia no BeachPark ainda vai render risadas por muito tempo. O Alan Fagot, um francês super legal que vive em Fortaleza. E finalmente, um grande amigo de vários anos: Rafael Carneiro, que foi o responsável pela minha ida ao Ceará e me recebeu super bem em sua casa, muito obrigado!

Fiz uma apresentação sobre Testes de Software, um assunto que tenho abordado com muita freqüência e ênfase nas minhas últimas apresentações. Mais uma vez a apresentação não foi exatamente igual às últimas já realizadas, mudei um pouquinho aqui, a ordem de alguns assuntos ali e tirei um pouco de conteúdo técnico (falar de ferramentas às vezes é chato) para deixar espaço para mais debates e perguntas teóricas, o que foi excelente, já que o pessoal participou ativamente com muitas perguntas. Gostei muito disso!


A ativa participação do público com certeza foi o ponto alto da palestra pra mim, fiquei surpreso com tantas perguntas e com a qualidade das mesmas. O auditório estava cheio e quase ultrapassamos o tempo do coffee-break com as perguntas, mais impressionante ainda, hanm!?

No geral gostei muito do evento, a FLF cuidou muito bem da organização e da infra-estrutura, todos do CEJUG foram fantásticos e apenas confirmaram tudo que estamos acostumados a acompanhar nas listas e blogs por aí: todos se empenhando, organizados e com disposição e humildade pra dar e vender, essa receita só pode levar a um lugar, o sucesso!

Continue lendo Café com Tapioca no CEJUG: Nota 10!

Comentários: Falando em Java

Este final de semana estive em São Paulo no Falando em Java, realizado pela Caelum. O evento foi espetacular, o pessoal da Caelum não poupou em nada (literalmente) e deram tudo de si pelo evento, parabéns a todos eles; eu gostei muito do evento e das apresentações, foi um evento profissional.

Na abertura o Paulo Silveira estava visivelmente um pouco nervoso, ele mostrou alguns números legais da Caelum desde o ano de sua abertura até os dias atuais, alunos, colaboradores, projetos, etc, e realmente os números são impressionantes e mostram num retrato fiel como a empresa está crescendo. Na seqüência o Guilherme Silveira fez uma apresentação sobre os “7 hábitos de arquitetos eficazes”. E depois tivemos a apresentação sobre “Domain Driven Design” do Sérgio Lopes que foi um show a parte no evento, quem não foi perdeu uma apresentação super bacana, com diálogo entre fantoches, ‘videozinhos’ e muito mais, além é claro, de um conteúdo muito bom. E por fim a apresentação sobre “JPA2.0” do Emmanuel Bernard, que por sinal, é um cara bem legal.

Na tarde tivemos outra palestra do Emmanuel Bernard sobre “Hibernate Search”, onde no final ele deu uma palinha sobre Hibernate Validator. Na seqüência o Paulo apresentou os projetos Open Source que a Caelum está mantendo e/ou participando e depois as palestras de “JRuby On Rails” do Kung, “Ajax” com o Tadeu e Moreira e “SCRUM” com o Alexandre Magno, todas muito boas também. Resumindo o evento: Assisti a todas a apresentações do dia e não me arrependi de ter ficado lá em nenhuma delas, estava tudo muito bem organizado.

Só foi uma pena eu não ter concorrido ao sorteio do Wii no final do evento, mas eu entendo, até porque eu teria ganhado, e isso seria muito injusto :P

Continue lendo Comentários: Falando em Java