JustJava 2007

Agora já acabou, outra vez só em 2008. Este ano não pude participar dos três dias do evento, consegui ir apenas nos dois últimos dias, por motivos óbvios, temos que concordar que para um evento de meio de semana com uma remarcação de datas em cima da hora é um pouco difícil reprogramar os compromissos, mas sem xorumelas, consegui remanejar algumas coisas e pude ir pelo menos nos dois últimos dias do evento e até que foi bem legal.

Este ano, não sei se foi pelo fato do evento ter sido realizado apenas em dias úteis, encontrei bem menos conhecidos do que nas outras vezes, acabou sendo um pouco mais monótono do que eu esperava. Outra coisa que não achei muito legal foi o local do evento, meio longe e muito menor do que no Anhembi, e como o último JustJava que eu havia participado fora em 2005, ainda no Anhembi, o impacto foi um pouco grande, pelo menos pra mim.

Consegui conhecer e conversar com bastante gente legal, afinal de contas, evento sem networking não é evento. Desta vez foram poucas pessoas do PJ, estávamos eu, Rafael Cassolato, Rafael Manoel, Marcos e Michela (Diana), não fomos em caravana como em 2005, mas conseguimos nos encontrar e conversar lá, foi bem legal. Além do pessoal do PJ, estavam presentes muitos amigos do GUJ também. Pude assistir várias palestras e conversar com muita gente legal, dentre algumas gostei muito da apresentação do Paulo e do Phillip sobre Arquitetura de Projetos Java em 2007 e da palestra de Tunning de Servidores de Aplicações do Fernando Lozano, além de várias outras.

Como já havia dito anteriormente, fui apresentar um trabalho sobre Linguagens de Script no Java, fiquei muito contente com a boa receptividade do pessoal que lotou a palestra e solicitaram a apresentação ao final do evento de novo, para que aqueles que não conseguiram lugar na sala pudessem assistir e depois na segunda apresentação fiquei mais contente ainda, pois quase lotaram a sala de novo :D. A propósito, a apresentação está disponível no slideshare: Java Scripting – Linguagens Interpretadas pelo Java. Ou podem ver logo abaixo:


II Encontro de Java do Espírito Santo vai começar

Não é hoje, ainda, mas amanhã daremos início ao II Encontro de Java do Espírito Santo (II EJES), realizado junto ao VII ERI. Amanhã teremos a abertura do II EJES com um tutorial sobre Introdução ao Java. Eu serei o responsável pelas apresentações do tutorial de Java ME na quinta-feira de noite e pela palestra de Web2.0 e Ajax na sexta-feira de noite e logo após teremos a apresentação do Shoes, Introduzindo Agilidade.

A grade completa está aqui.

Palestra: Web2.0 e Ajax

Dia 31 de julho vou apresentar um trabalho bem legal: Web2.0 e Ajax. A apresentação irá ocorrer pela SUCESU-ES, na MMurad da Praia do Canto (Vitória-ES) às 19:00h e o investimento para participação é simbólico.Quem estiver aqui em Vitória ou tiver interesse em conhecer um pouco mais sobre Web1.0, Web2.0, Ajax e principalmente que Web2.0 não é Ajax :D compareça, será legal conversar e debater com quem estiver por lá.

Mais informações: Palestra Web2.0 e Ajax.

JustJava 2007, nos vemos lá

É isso aí, minha submissão de trabalho para o JustJava 2007 foi aprovada, fiquei sabendo sábado, então agora não tem desculpa, é arrumar as malas e me mandar para São Paulo para atrapalhar a rotina do Paulo e Guilherme Silveira :D (excelentes anfitriões que sempre me acolhem nos eventos)

Bom, a apresentação será sobre: Java Scripting – Linguagens interpretadas pelo Java.

Eu gosto muito do JustJava, ano passado não pude ir, mesmo com o trabalho sobre OpenLaszlo aprovado, tive outros compromissos que me impossibilitaram de participar, mas este ano é certo, estarei lá sim. A melhor parte será o networking com os grandes amigos de fóruns e listas, que diga-se de passagem já está meio atrasado, então, encontrar e discutir com figurinhas como Urubatan, Paulo Silveira, Guilherme Silveira, Shoes, Meyer, DQO, Claudio Miranda, Franklin Samir, Matheus e muitos outros amigos (desculpe quem eu esqueci agora), vai ser bem legal, a tá, terá o evento também. E por favor, quem estiver por lá não deixe de convidar para um happy hour.