Arquivos da categoria: Agile

Agile Brazil 2010: Rumo a POA

Daqui a pouco partirei rumo a Porto Alegre para participar do Agile Brazil 2010, que na minha humilde opinião deverá ser um dos melhores evento sobre agilidade do ano :)

Estamos saindo aqui da Giran numa mini caravana: Eu, Léo Hackin e Oscar Makoto e vamos tentar aproveitar o máximo possível os dois dias de palestras do evento, enquanto isso faremos – ou tentaremos fazer – alguma cobertura no twitter.

É meio nonsense, mas na sexta o evento vai parar para transmitir o jogo do Brasil-sil-sil e teremos que assistir ao futebol ao invés de aprender sobre Agile, deixando nossos políticos fazerem a festa enquanto o rebanho se diverte.

E claro, o networking certamente será um dos melhores do ano, além de conhecer pessoalmente muitos novos amigos das listas, blogs e discussões quero muito rever os velhos amigos gaúchos ainda do saudoso tempo de PortalJava :)

Retrospectiva do Maré-Vix

No dia 29 de de maio de 2010 foi realizada a 6ª edição do Maré de Agilidade em Vitória, capital do Espírito Santo. Esta edição do evento ficou conhecida como Maré-Vix, e reuniu quase 200 pessoas interessadas em aprender e disseminar conhecimento sobre agilidade.

Apesar de já ter participado e liderado a organização de algumas dezenas de eventos, este foi bastante diferente e especial pra mim. Foi a segunda vez em que a Giran se envolveu *fortemente* na organização de um evento (a primeira foi com o IV EJES), e em conjunto tivemos além da Giran pessoas ‘de fora’ que também participaram muito e foram imprescindíveis, inclusive começando com o ponta pé inicial, como fez o Denis Ferrari.

Queria começar essa retrospectiva agradecendo ao pessoal da organização: Denis Ferrari, Gustavo Badke, Fabricio Vargas Matos, Hackin, Keila e todo o time da Giran e MSDev-ES que ajudaram no operacional no dia do evento.

O Maré-Vix foi sensacional em todos os quesitos: as reuniões de organização (sempre em bares, porque ninguém é de ferro), as emoções e desesperos com data e remarcação do local nos últimos dias, as confirmações e cancelamentos com os palestrantes e claro, o evento em si.

O público foi completamente maravilhoso e participativo, tivemos muitas perguntas nas palestras, muito bate papo nos intervalos e muito, muito networking com todos os participantes. Tenho que destacar também a participação das caravanas de Campos e Cachoeiro do Itapemirim que marcaram presença, e a de Campos com quase 40 pessoas que viajaram mais de 4 horas para participar do evento. É extremamente gratificante e recompesador ter participado da organização de um evento que motivou tanta gente de longe a participar (mas no começo a responsabilidade foi grande, muito grande).

Conseguimos formar um time super bacana, organizado e comprometido com a organização e realização do evento, e isso foi show. O Carlan e o pessoal da Highlan também deram muita força e foram os responsáveis pela filmagem do evento, o que nos ajudou bastante. Foi muito legal trabalhar com essa galera ;-)

Um agradecimento em especial para o Guilherme Silveira, da Caelum, e para o Renato Willi, da SEA, que foram nossos palestrantes “importados” e contribuíram muitíssimo para a qualidade do evento com as suas apresentações.

Também não da pra não citar os patrocinadores e apoiadores, que foram fundamentais para a realização do evento: um grande abraço e muito obrigado ao pessoal da PowerLogic, Novatec, Highlan, Caelum, SEA, Simbionte, Qualidata, MSDev-ESGiran, e claro, pra Faesa, que proporcionou todo o ambiente e infra-estrutura para o evento :)

Novamente, muito obrigado a todo mundo que participou, patrocinou, apoiou e ajudou de alguma forma. Agora é esperar pela próxima Maré, até lá!!!

Desenvolvimento ágil de software com SCRUM

Esta semana fui convidado pelo professor Egídio, da Faesa, para falar um pouco para os seus alunos sobre desenvolvimento ágil de software utilizando SCRUM. Eu adoro falar sobre SCRUM e já fiz esta apresentação algumas vezes, mas cada vez é diferente, não tem jeito, então aproveitei a oportunidade para fazer um refactory considerável na apresentação de SCRUM que tinha.

A apresentação em si é básica, fala sobre SCRUM, seus papéis, responsabilidades, atividades e ciclo de vida. Nesta apresentação tento focar na desmistificação de alguns conceitos e idéias simples que, às vezes, as pessoas que ainda não conhecem o SCRUM possam ter formado naquelas conversas de corredor, e claro, mostrar alguns benefícios e problemas reais que a adoção do SCRUM trará para a organização e para as pessoas envolvidas.

A apresentação está disponível aqui no meu slideshare e também no blog. A conversão/compressão do slideshare deixou a apresentação um pouco mais feia, quem quiser faça o download do arquivo que este estará bem melhor.


Dúvidas, críticas e sugestões farão meu dia um pouco melhor, fique a vontade para me procurar.

Maré de Agilidade em Vitória-ES: Maré Vix

Maio será um mês de muitas ondas boas, no dia 22 teremos o Maré de Agilidade em BH e no próximo final de semana, dia 29 de maio teremos o Maré de Agilidade em Vitória, ou Maré-Vix: http://www.mare-vix.com

O Maré Vix contará com uma programação bastante recheada e enriquecedora: teremos um dia inteiro com muitas palestras e uma mesa redonda com todos os palestrantes ao final do evento. Dentre os nomes confirmados para o evento, temos: Guilherme Silveira, com a palestra Um produto em duas semanas, Guilherme Chapiewski, Denis Ferrari sobre Domain-Driven Design, Fabrício Vargas Matos falará sobre TDD e Jeveaux – eu, sobre Negociação de contratos.

O Maré Vix conta com o apoio e patrocínio da Giran e Qualidata para a sua realização, e o apoio fundamental da Faesa, cedendo espaço, infra-estrutura e ajuda necessárias para a realização do evento, e claro, com os patrocinadores que nos ajudam a tornar o evento realidade: HighLanCaelum, GUJ e InfoqBR. Tem interesse em colaborar na organização? Patrocinar? Então entre em contato comigo agora mesmo: paulo.jeveaux (a) giran.com.br.

Um pouquinho sobre a minha apresentação:

Negociação de contratos de projetos ágeis: contratos de escopo negociáveis

Trabalhar em par, escrever testes, muitos testes e colar os papeizinhos na parede, não acaba por aí? Ninguém me avisou que existe uma parte difícil! Um projeto de software, independente da metodologia de gestão ou engenharia é um projeto que possui um cliente – que investe capital – e uma empresa que fornece serviços – que recebe o capital em troco de devolver um bom produto – e este relacionamento tende a ser fortemente formal e legal, o que nos leva para as negociações de contrato entre cliente e fornecedor.

Customer collaboration over contract negotiation, assim encontramos no Manifesto Ágil: Colaboração com o Cliente mais que negociação de contratos, o que não significa trabalhar sem contratos, pelo contrário, os contratos fazem parte de todo e qualquer projeto de software, são indispensáveis. Mas onde está o ponto de equilíbrio? Como conseguiremos um balanço ideal? Como você já deve imaginar, não há bala de prata aqui também, mas existem diversos caminhos e alternativas que podem ser traçadas para ajudar no caminho do sucesso. Estas modalidades de contratos e formas de trabalho serão abordadas nesta apresentação através de: contratos de preço, tempo ou lucro fixo, contratos de escopo negociáveis e até contratos de escopo aberto.

Então é isso, visite o site do Maré-Vix agora mesmo e garanta a sua participação, as vagas são limitadas.