Maré de Agilidade em Vitória-ES: Maré Vix

Maio será um mês de muitas ondas boas, no dia 22 teremos o Maré de Agilidade em BH e no próximo final de semana, dia 29 de maio teremos o Maré de Agilidade em Vitória, ou Maré-Vix: http://www.mare-vix.com

O Maré Vix contará com uma programação bastante recheada e enriquecedora: teremos um dia inteiro com muitas palestras e uma mesa redonda com todos os palestrantes ao final do evento. Dentre os nomes confirmados para o evento, temos: Guilherme Silveira, com a palestra Um produto em duas semanas, Guilherme Chapiewski, Denis Ferrari sobre Domain-Driven Design, Fabrício Vargas Matos falará sobre TDD e Jeveaux – eu, sobre Negociação de contratos.

O Maré Vix conta com o apoio e patrocínio da Giran e Qualidata para a sua realização, e o apoio fundamental da Faesa, cedendo espaço, infra-estrutura e ajuda necessárias para a realização do evento, e claro, com os patrocinadores que nos ajudam a tornar o evento realidade: HighLanCaelum, GUJ e InfoqBR. Tem interesse em colaborar na organização? Patrocinar? Então entre em contato comigo agora mesmo: paulo.jeveaux (a) giran.com.br.

Um pouquinho sobre a minha apresentação:

Negociação de contratos de projetos ágeis: contratos de escopo negociáveis

Trabalhar em par, escrever testes, muitos testes e colar os papeizinhos na parede, não acaba por aí? Ninguém me avisou que existe uma parte difícil! Um projeto de software, independente da metodologia de gestão ou engenharia é um projeto que possui um cliente – que investe capital – e uma empresa que fornece serviços – que recebe o capital em troco de devolver um bom produto – e este relacionamento tende a ser fortemente formal e legal, o que nos leva para as negociações de contrato entre cliente e fornecedor.

Customer collaboration over contract negotiation, assim encontramos no Manifesto Ágil: Colaboração com o Cliente mais que negociação de contratos, o que não significa trabalhar sem contratos, pelo contrário, os contratos fazem parte de todo e qualquer projeto de software, são indispensáveis. Mas onde está o ponto de equilíbrio? Como conseguiremos um balanço ideal? Como você já deve imaginar, não há bala de prata aqui também, mas existem diversos caminhos e alternativas que podem ser traçadas para ajudar no caminho do sucesso. Estas modalidades de contratos e formas de trabalho serão abordadas nesta apresentação através de: contratos de preço, tempo ou lucro fixo, contratos de escopo negociáveis e até contratos de escopo aberto.

Então é isso, visite o site do Maré-Vix agora mesmo e garanta a sua participação, as vagas são limitadas.


42 comentários sobre “Maré de Agilidade em Vitória-ES: Maré Vix

  1. Pingback: igocoelho
  2. Pingback: topsy_top20k_pt
  3. Pingback: Léo Hackin
  4. Pingback: serge_rehem
  5. Pingback: Gustavo Badke
  6. Pingback: Carlan Calazans
  7. Pingback: Jeveaux
  8. Pingback: Brena Monteiro
  9. Pingback: cmilfont
  10. Pingback: Rodrigo Manhães
  11. Pingback: Alberto Leal
  12. Pingback: Francisco Souza
  13. Pingback: castiglioni
  14. Pingback: wagnerferreira
  15. Pingback: Rafael Ponte
  16. Pingback: Victor Baptista
  17. Pingback: imbertti
  18. Pingback: Makoto Hashimoto
  19. Pingback: Izabela Anholett
  20. Pingback: Fabiano Sobreira
  21. Pingback: Jeveaux
  22. Pingback: Francisco Souza
  23. Pingback: Uilton Campos
  24. Pingback: csantanaes
  25. Pingback: Carlan Calazans
  26. Pingback: webcapixaba
  27. Pingback: Alessandro Dourado
  28. Pingback: Junior moreira
  29. Pingback: iMasters
  30. Pingback: Tagliati
  31. Pingback: Makoto Hashimoto
  32. Pingback: Gabriel M. Barboza
  33. Pingback: Maxwell Leonardo
  34. Pingback: Maré de Agilidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *