Comentários do Falando em Java 09

Eu também fui! O Falando em Java 2009, foi a terceira edição do evento que é organizado e realizado pela Caelum, em São Paulo. Mais uma vez eu pude marcar presença no evento. Este ano acho que foi o que mais conheci gente, muita gente do twitter e muitos conhecidos que eu pensava que não existiam de carne e osso, foi bem legal, mesmo. Não vou escrever nomes pois eu tenho certeza que irei esquecer de alguém, mas para todos os que eu conheci pessoalmente, um abraço e prazer em conhece-los.

A abertura do evento foi muito legal, o pessoal da Caelum mostrou uma série de novidades que eles estão trazendo para o mercado, dentre elas um livro de Arquitetura e Design de Software, curso de TV Digital com Ginga, curso de Flex e muito mais.

Logo depois uma apresentação do Jim Webber titulada “Guerilha SOA”, simplesmente fantástica. Além de dominar totalmente o assunto o Jim foi um exímio apresentador, soube brincar nas horas certas sem perder o timing das piadinhas.

O Paulo Silveira e o Rafael Cosentino fizeram uma apresentação sobre O Profissional Java Efetivo. A apresentação foi boa, mas poderia ter sido muito melhor se não tivessem perdido muito tempo nas piadinhas sobre o Nico.

A palestra do Kung e do Anderson foi fantástica, eles mostraram pontos e recursos super importantes da máquina virtual Java e como ela está voltando a ser dinâmica. O Kung falou do início da JVM, quando ela era utilizada para linguagens dinâmicas, explicou como e porque ela ficou tão “estática” e como as coisas estão voltando ao que eram, dinâmicas. É claro que ele também mostrou vários benefícios de termos linguagens dinâmicas usufruindo de todos os recursos e qualidades de uma plataforma como Java.

Todas as outras apresentações foram muitos legais, todos os palestrantes estão de parabéns. No geral, a minha opinião sobre o evento é que ele foi muito bom. O único ponto que não foi tão legal foram os excessos de brincadeiras e comparações com o mundo real nas apresentações, o que claramente causou perda de conteúdo útil e importante. Apresentações purpurinadas, apresentadores brincalhões e muita descontração nem sempre caem bem, na verdade são mais difíceis de dar certo e fazerem sucesso do que o conteúdo propriamente dito da apresentação.

Este ano o FJ teve mais de 500 participantes, quase o dobro em relação a última edição. O local do evento também foi outro, muito maior e chique moderno. E a organização e palestras, como sempre foram de altíssimo níveis, o FJ mostrou claramente o amadurecimento e crescimento da Caelum como empresa.

Pra mim estes dias em São Paulo significaram muito mais do que simplesmente o evento. Eu conheci o Paulo Silveira um pouco antes da Caelum existir, e de certa forma a vi nascendo, crescendo e evoluindo, mesmo que de longe. Pude ver várias fases de perto, até quando os irmãos Silveira davam a primeira aula de cada curso usando terno e gravata =P. Conhecer o novo escritório da Caelum, cheio de amigos e conhecidos da época de ouro do PortalJava e do GUJ, com dezenas (várias dezenas) de colaboradores pessoas trabalhando juntos, sincronizados, motivados e felizes foi indescritível, fiquei realmente muito feliz. Com certeza é uma empresa e trabalho que nos motiva muito e que servirá de exemplo para nós aqui na Giran.


9 comentários sobre “Comentários do Falando em Java 09

  1. Pingback: Jeveaux
  2. Realmente foi uma honra participar de um evento com pessoas como você!

    Sucesso pra Giran, e quem sabe vocês não realizam o Falando em Java em VItória hein! :)

    Abraços

  3. Salve, Jeveaux. Foi um prazer conhecê-lo pessoalmente. Evento, como este, é bom para ver que as pessoas que conversamos via Gtalk e Twitter são de carne e osso, rs.

    É só questão de tempo, para que a Giran atinja o sucesso que merece.

    Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *