[Off-Topic Importante] Mais uma do Senado

Eu não gosto muito de comentar assuntos Off-Topic aqui no blog, principalmente quando esse Off-Topic é um assunto ligado a política, mas dessa vez não dá pra deixar passar.

A última estripulia do projeto de lei de regulamentação da profissão de analista de sistemas e atividades relacionadas com a informática foi um dos assuntos que rendeu toneladas de posts e nesse caso eu preferi não blogar, até mesmo pelo fato de que eu ainda não concluí a minha graduação, então não queria que o post tivesse um entendimento de auto-defesa para os menos providos de boa capacidade de interpretação, mas passou.

Dessa vez o assunto é outro e não vai ferir somente os profissionais da área de informática, mas todo mundo que sentar a bunda numa cadeira e usar um computador na internet ou comprar um iPod ou até mesmo desbloquear um celular, todo mundo mesmo e pode colocar aí a sua irmã mais nova, seus sobrinhos e sobrinhas, sua mãe que depois de muitos anos resolveu aprender a tal da interneta! Enfim, todos eles serão criminosos em potencial. Mas e nós profissionais de informática!? Aaa nós profissionais de informática já entraremos como criminosos de altíssima periculosidade, principalmente os que tem blog então, estes serão indiciados por tudo que se possa imaginar (ta bom, chega de terrorismo barato).

Mas a verdade é que não ficaremos muito longe do cenário descrito acima. O novo projeto de lei que, na verdade, é um projeto substitutivo do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) para os projetos de Lei da Câmara 89/2003, e Projetos de Lei do Senado n. 137/2000, e n. 76/2000 é que é o culpado por tudo.

Não vou me prolongar muito na discussão, ao invés disso deixo alguns links com opiniões e análises bastante completas, cuja a leitura acho importantíssima:

O projeto de lei já foi aprovado no Senado e agora corre para a Câmara dos Deputados, mas ainda podemos fazer alguma coisa ou pelo menos tentar fazer alguma coisa assinando a petição iniciada por Sérgio Amadeus dentre outros e que já conta com mais de 11.000 (onze mil) assinaturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.