Começando com Python #2/undefined

Vamos começar essa segunda parte aprendendo a usar o PyDev, plugin do Eclipse para programar em Python. Existem várias outras alternativas de ambiente de desenvolvimento, para quem não gosta do Eclipse ou não quer usa-lo com Python, pode escolher entre algumas das alternativas que conheço: IDE Eric, Anjuta, BOA Constructor, DrPython e quem gosta de IntelliJ IDEA pode usar o Pythonid como plugin.

Depois de um HelloWorld, uma das coisas mais difíceis é conseguir pensar em algo interessante para continuar os estudos e como ter um ambiente organizado e produtivo. Então veremos o PyDev e depois alguns outros exemplos mais interessantes.

Instalando PyDev

  1. Acesse: http://pydev.sourceforge.net/
    1. Instale pelo update do Eclipse: http://pydev.sourceforge.net/updates/
    2. Ou baixe o zip e faça a instalação manual: http://www.sourceforge.net/projects/pydev/
  2. Pronto! Simples e rápido.

PyDev Features

  • Suporte a Python 2.4, 2.5 e Jython;
  • Code completation e highlighting;
  • Wizards de projetos, módulos, etc;
  • Organize Imports e Autoformat Code;
  • Refactoring;
  • Code Assistant (CTRL+1);
  • Code Folding;
  • Eclipse Tasks integration;
  • Debugger completinho;
  • PyDev Perspective;
  • E muitas outras;

PyDev Features Screenshots


PyDev features screenshots.

Configuração básica

A configuração do plugin é simplória, só é preciso indicar a localização do interpretador do Python (python.exe, no caso do windows). No Eclipse, selecione o menu Window > Preferences e selecione a opção PyDev na árvore de configurações disponíveis, conforme seguem as screenshots.


Configurando interpretador para Python.

Aproveitando o gancho, vamos configurar o Jython também, apesar de não ser o foco desta série de post, mas como o PyDev também oferece um suporte muito bom ao Jython, segue a configuração, assim como o para o Python só é preciso selecionar a localização do interpretador (jython.jar).


Configurando interpredor para Jython.

Criando o projeto

Plugin instalado e configurado corretamente, vamos agora começar nosso projeto e melhorar um pouco os exemplos. Menu File > New > Project ou CTRL+N. Na categoria PyDev selecione a opção PyDev Project e clique em Next. Basicamente precisaremos preencher apenas o nome do projeto e selecionar a versão do interpretador do Python de acordo com o interpretador que indicamos durante a configuração do plugin, as demais configurações são as mesmas de um projeto Java no Eclipse, vai de cada um mudar ou não.


Criando novo projeto Python.

Com o projeto criado, agora precisamos apenas partir para os exemplos. Atalho CTRL+N ou clique com o botão direito do mouse no projeto criado e siga New > PyDev Module. No primeiro exemplo de verdade, será uma demonstração do uso de dos operadores for e if, com um exemplo simples de repetição e desvio de fluxo, faremos um pequeno loop de 0 até 10, escrevendo a cada iteração se o iterador é ímpar ou par.

[code]# Exemplo01: for e if
 for i in range(10):
    if (i%2==0) :
        print 'par'
    else :
        print 'impar'
 print 'Fim!' [/code]

Para criar e executar o exemplo, siga o passos descritos acima, ou pelas figurinhas abaixo :D :


Criando novo module e executando-o.

Explicando o exemplo 1 linha por linha:

  • Linha 1: Comentário em linha (#);
  • Linha 2: Começo da repetição, limitada até 10 pelo trecho range(10);
  • Linha 3: Teste condicional que verifica se o iterador é par;
  • Linha 4: Se for par, irá imprimir no console a string “par”;
  • Linha 5: Desvio para o caso do teste ser falso;
  • Linha 6: Imprime a string “impar” caso o teste seja falso;
  • Linha 7: Imprime a string “Fim!” indicando o término da execução;

Nosso segundo exemplo, continuando com os desvios de fluxo e repetição, veremos uma pequena aplicação de uma repetição de condicionais aninhados (if, else if, else if, else) e também como pode ser feita a entrada de dados pelo usuário durante a execução. O exemplo mostra uma calculadora do índice de massa corporal (IMC) ou o mais conhecido peso ideal.

[code]#Exemplo02: Calculadora de IMC
 print 'Calculadora de IMC'
 peso = raw_input('Qual seu peso? ')
 altura = raw_input('Qual a sua altura? ')
 imc = float(peso) / (float(altura)**2)
 print 'IMC = %s' % imc
 if imc < 18.5 :
    print 'Abaixo do peso ideal'
 elif imc >= 18.5 and imc <= 24.9 :
    print 'Parabens, peso ideal'
 elif imc >= 25 and imc <= 29.9 :
    print 'Acima do peso'
 elif imc >= 30 :
    print 'Voce esta obeso!'[/code]

Explicando o exemplo 02 (apenas as linhas diferentes):

  • Linha 3: Inicialização de uma variável (atributo) chamado peso. Utilização do comando raw_input que exibe a string passada como argumento e armazena a entrada do usuário na variável indicada (peso);
  • Linha 4: idem a linha 3;
  • Linha 5: Cáculo do IMC, que consiste em dividir o peso pela altura elevada ao quadrado. O operador ** eleva o atributo a esquerda ao atributo a direita, no caso do nosso exemplo altura elevado a 2. O comando float() é para converter a entrada que veio pelo raw_input como String em Float;
  • Linha 6: O valor do IMC é exibido, com o auxílio do operador % que insere o valor na posição assinalada pelos caracteres %s dentro da mensagem. O código %s faz com que Python transforme o número em string.
  • Linha 9, 11 e 13: O comando elif é uma junção de else+if que resultou no elif;

Bom, por enquanto é isso pessoal, o próximo post será sobre programação Orientada a Objetos com Python, com mais exemplos e menos screenshots, um abraço e qualquer dúvida e-mail-me.


3 comentários sobre “Começando com Python #2/undefined

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *